Esperava mais de você

1/15/2017 01:00:00 PM



Pra quem disse que eu era pessoa que você mais gostava naquela sala de aula, você mudou e muito! Me pergunto onde está todo esse amor que você sentia por mim (ou dizia ter). Será que pegou trem e desceu na estação errada? Ou viajou para o Japão sem passagem de volta?
Não vou mentir que as vezes sinto sua falta, da sua voz e de ouvir seus conselhos. Quando olho algumas postagens dos potes tenho muita vontade de ir correndo marcar você, até lembrar que me excluiu do seu Facebook, e até então, aparentemente, da sua vida. Eu precisava de um tempo pra digerir tudo que estava acontecendo entre a gente, e como você tinha mudado ultimamente. Nem parece que a dois meses atrás estávamos combinando de viajar para Petrópolis, e que nosso maior desejo no futuro era conhecer o mundo juntas. Você já fazia parte da minha lista de amigas-que-tenho-que-levar-pra-vida-toda e não tinha noção de como me doía passar por você e fingir que não era ninguém.
Aos poucos fomos nos afastando cada vez mais, até nos virarmos entranhas uma pra outra. Não sentávamos mas na mesma fileira na sala, não fazíamos os mesmos trabalhos em grupo, não esperávamos uma às outras para ir embora, não trocávamos mensagens no WhatsApp, e até mesmo nossos amigos se dividiram. Está feliz com tudo isso?
Lamento você não te entendido que eu precisava de um tempo para aceitar as nossas mudanças, afinal acha que é fácil ouvir o tempo inteiro que você está errada e nem ao menos perguntar se eu preciso de ajuda? Pra não se sentir tão mal só que questionou duas vezes porque eu parecia estar triste, mas na primeira briga cortou todos os laços que nos mantinha unidas. Você foi embora. Fria, seca e cheia de orgulho. Não pensou hora alguma nas nossas lembranças, nas vezes que eu fui a única que te estendi a mão quando precisou de ajuda, nem em simplesmente deixar a poeira baixar para voltar a traz e tentar conversar. 



De todas as decepções que eu tive você foi a maior delas. Esperava esse silêncio de qualquer pessoa mas não de você. Não imaginei que nossa amizade tinha morrido juntamente com as últimas palavras que trocamos na nossa última conversa. Talvez você se conformou mais rápido, afinal conseguir fazer com que todos pensassem que eu estou errada (como sempre), mas o que você nem imagina é que mesmo depois de todas as mágoas que trocamos eu ainda gosto de você e quando te observo de longe, me recordo do dia que a que a gente se conheceu no ônibus, e encontramos tanta afinidade que eu até me assustava como tinha uma pessoa que era igual à mim. Você pode conhecer milhares de lugares no mundo, milhões de pessoas diferentes e viver 1000 histórias que jamais imaginou viver, mas dentro de você vai sempre se perguntar "porque eu não faço parte de nenhuma delas?". Quando você finalmente se tocar do quanto eu faço falta na sua vida talvez será tarde demais para pedir desculpas e voltar atrás. Talvez não terei mais vontade de continuar nossa história de onde paramos, porque a amizade é tão frágil quanto um cristal: uma vez quebrado, os cacos jamais voltarão a ser o que era.

You Might Also Like

0 comentários

POSTS RECENTES